1 comentário:
De Paulo Topa a 15 de Setembro de 2008 às 00:20
A necessidade aguça o engenho. Não tenho a certeza se pode falar de inteligência ou se é algo apenas reflexo e por tentativa e erro. Do nosso ponto de vista, parece raciocínio porque é a nossa forma de analisar as coisas. Eventualmente, nunca se saberá. O nosso ponto de vista de análise é sempre o único disponível.


Comentar post