De PX a 2 de Agosto de 2008 às 04:19
Ahahahahaahhahahaa(parte 1.2: «wikipédia ou wikimédia?»)! Xau!...O o meu primeiro impulso foi recordar quando não há muito tempo entrei em contacto com o conceito teórico de web 2.0...A democratização da web! a web feita à medida de cada um - ora aí está! a ilusão de todos nós somos livres de criar, mas "como tudo na vida, que num momento de um raio-x a gente vai ser capaz", cada vez mais como jonansen (2008) indica, sem grande novidade (mais um a la palisse), que no poder de selecção é que está a sobrevivência. Na inversa proporção que para as morte está o "no poupar é que está o ganho" e que para a temperança está o "se queres dinheiro vai ao totta (ou trote)"...and so on...mas simultaneamente é lindo! é o surrealismo na sua máxima extinção (se excluirmos as possíveis realizações, ou melhor desaparições do reino aniimal/vegetal...o dos céus já está na lista do fbi, ou será fmi...), pois a verdade, não tenhamos ilusões está subsidiária, antes de mais, da vontade individual de cada um. Explico: cada vez mais acredito (poderia invocar épocas/conjunturas, mas não é o caso), que na essência, a vontade de cada um - e abandonando regulares críticas maniqueístas - é que decididamente é importa(o que a partir daí que fazer, é outro assunto), assim como inquieta o absoluto ...a génese e a visão do fado, é isso mesmo, a reconstrução artística do fado (...)


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres