Segunda-feira, 9 de Junho de 2008

Propriedade

Alarma-me o desrespeito pela propriedade comum.

Ontem à noite vi duas situações que me deixaram doente.

Na primeira, senhora de bela aparência, faz pausa na ginástica diária de caminhada para destruir uma árvore, arrancando ferozmente galhos e ramos, como se fosse normal, provavelmente para plantar em sua casa.

Pouco tempo depois, um jovem abana quatro ou cinco vezes uma outra árvore, do mesmo jardim, para provocar a gargalhada de companheiros.

É de acrescentar que a minha manifestação de desagrado provocou reacções menos próprias de serem aqui escritas.

Parece de menos importância, à primeira vista, mas já não basta a delapidação constante da Natureza para serem feitos jardins organizados, ainda temos que aturar estas bestas?

sobre mim

Procura atenta

 

Setembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
22
23
24
25
26

27
28
29
30


Recentemente...

Back

Leituras

Anúncio Durex

Arte 2

Arte 1

E ouro?

Afinal Deus é um brincalh...

Briba

E outra vez gatos

Darth Pope

No antigamente

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

tags

todas as tags

Outros sítios

subscrever feeds